Como possuir hábitos mais sustentáveis nas viagens e no dia-a-dia

Vemos atualmente uma grande movimentação mundial com pessoas desejando ser mais sustentáveis e praticar um turismo consciente, o que é ótimo! Mas muitas delas não sabem como, precisam de ferramentas e educação necessária para facilitar esse hábito na prática do dia-a-dia, e até entender que ser sustentável envolve três importantes pilares: ambiental, social e econômico.

Por isso, preparamos 8 dicas do que você pode fazer para praticar o turismo consciente e ter hábitos mais saudáveis durante suas viagens. Mas vale lembrar que todas essas dicas podem ser aplicadas na sua própria cidade também, afinal, todos os tipos de mudanças começam por nós mesmos, e com o tempo impactam nosso redor.
Vamos lá?

1 – PRATIQUE O CONSUMO CONSCIENTE

Uma prática incrível para você que busca uma vida sustentável é consumir consciente.

Quantas vezes você se pegou comprando por impulso? Ou planejando aquela viagem de compras nos inúmeros e tão atrativos outlets?

Saiba que o consumo desenfreado é um dos fatores que mais prejudicam o ecossistema, pois todos os produtos que você deseja, sofrem um processo de produção que retiram recursos naturais do planeta.

Por exemplo, você sabia que para fazer uma camiseta são gastos 2.495 litros de água? Bizarro né? Por isso, consuma apenas o necessário, reutilize as embalagens, busque ter uma vida o mais minimalista possível.

Pense em como substituir produtos de um único uso – descartáveis – por aqueles que tenham uma longa duração, assim estará contribuindo significativamente para o mundo e a você mesmo, pois gastará menos, não poluirá tanto e será uma inspiração para quem está ao seu redor.

Tartaruga marinha comendo plástico
Tartaruga marinha comendo plástico
Foto: greenpeace.org

2 – USE E ABUSE DA ECONOMIA COMPARTILHADA

Quando estamos planejando nossas viagens, muitas vezes fazemos uma listinha com todos os itens que não podemos esquecer de colocar na mala, e aqueles que precisamos comprar para fazer aquela viagem.

Porém, será que é realmente necessário comprar todos os equipamentos e/ou roupas que aquela viagem exige, ou é mais importante ter acesso aos itens necessários?

Será que não podemos alugar ou até mesmo pedir emprestado as coisas mais pontuais, pagar somente pelo tempo que vamos usar e depois devolver para que outras pessoas reutilizem o mesmo resíduo, ao invés de incentivar produção de mais materiais que nem sei se vou usar depois com tanta frequência?

Será que além do lixo que eu vou gerar com as embalagens daquilo que estou adquirindo, o processo de produção não foi extremamente impactante para o meio ambiente, o meio social e econômico de alguma região?

Por isso, pratique o turismo consciente antes mesmo de sair de casa.

Antes de comprar algo, procure sites ou aplicativos que forneçam o serviço de aluguel na sua região, como a Aluga Trip por exemplo, que aluga mais de 70 produtos de viagem, esporte e lazer para suas aventuras, se não encontrar peça emprestado e em último caso compre, visando sempre marcas e produtos com processos de produção que respeitem os 3 pilares da sustentabilidade e com a menor quantidade de embalagem que futuramente virará lixo.

Empresas que atuam com economia compartilhada

Ganhe 5% de desconto no aluguel de equipamentos com a Aluga Trip

3 – OPTE POR TRANSPORTES NÃO POLUENTES OU COLETIVOS

Segundo o Instituto de Energia e Meio Ambiente, os automóveis são responsáveis por 72,6% das emissões de gases efeito estufa só na cidade de São Paulo. Esse avanço intensifica o aquecimento global, aumentando a temperatura do planeta, derretendo as geleiras, prejudicando diversas espécies de animais e comprometendo nossa qualidade de vida.

Como evitar tudo isso? Simples! Opte por transportes não poluentes, como as famosas magrelas ou até mesmo ir a pé.

Bicicletas são facilmente encontradas para alugar em qualquer lugar do mundo e além praticar atividades físicas, você dribla o trânsito e ainda tem mais liberdade para curtir e admirar as paisagens do caminho.

Ou caso essas não sejam opções viáveis, dê preferência aos transportes coletivos, como o transporte público local, afinal, viajar é também viver o dia-a-dia da região.

Transporte Coletivo em Londres
Transporte Coletivo em Londres
Foto: Iwan Baan

4 – PROCURE SABER QUEM SÃO OS DONOS(AS) DAS POUSADAS, HOTÉIS E HOSTELS QUE VOCÊ PRETENDE SE HOSPEDAR

Será que o dono daquela pousada que estamos pensando em nos hospedar é um morador local, que cresceu e ajudou a desenvolver aquela região e conseguiu com muito suor criar um negócio para o sustento da sua família?

Ou é um grande empresário, celebridade da TV ou até mesmo um político que comprou um pedaço de terra, muitas vezes em regiões de preservação, e transformou em hospedagem para arrecadar ainda mais dinheiro?

Valorizar os moradores da região é uma forma de praticar o turismo consciente e colaborar com o desenvolvimento do país.

Ganhe até R$179 de desconto no Airbnb na sua primeira viagem

5 – ESCOLHA HOSPEDAGENS QUE FAÇAM COLETA SELETIVA

Embora já incentivada por órgãos governamentais, a coleta seletiva é algo que o brasileiro ainda não adotou a cultura de fazer, o que acaba dificultando o processo de reciclagem, fundamental para um mundo sustentável.

Com o lixo sendo reaproveitado, tendem a diminuir grandes problemas como poluição, enchentes, morte de animais marinhos e terrestres.

Você pode ajudar a estimular esse hábito cobrando esse processo na hora de escolher uma hospedagem durante sua viagem.

Lixeiras Coleta Seletiva
Lixeiras de Coleta Seletiva
Foto: Edmara Silva

6 – VALORIZE PRODUTOS NACIONAIS E REGIONAIS

Quando falamos de turismo consciente, estarmos atentos ao conceito “Quilômetro Zero” é fundamental.

Você já parou pra pensar de onde vem e como tudo aquilo que compramos chega até nós?

Peru Artesanato
Artesã – Peru
Foto: Elaine Villatoro

Grande parte de tudo o que consumimos, se não é um produto nacional ou regional, chega por navios ou por aviões que causam muita poluição, tanto por conta da queima de combustíveis quanto pelo impacto do lixo no oceano, visto que a prática do descarte de resíduos por navios é comum de acontecer antes de atracar nos portos.

Estimular o empreendedorismo nacional e regional e a arrecadação de impostos, além de gerar renda e empregos locais, fortalecem cada vez mais uma rede de negócios, empregos e conscientização ambiental.

Por exemplo, se você for ao Jalapão, aproveite os maravilhosos artesanatos feitos com capim dourado ou os tênis e roupas super coloridas do Peru. 

7 – ESCOLHA ALIMENTOS ORGÂNICOS

Os alimentos orgânicos são cada dia mais acessíveis e beneficiam a todos.
A começar pela sua saúde, pois são livres de venenos.
A natureza, uma vez que a produção orgânica proíbe o uso de agrotóxicos sintéticos, adubos químicos e sementes transgênicas no cultivo do alimento.
E, por fim, incentiva os produtores locais. O que significa que seu dinheiro garante o sustento de uma família, e não para aumentar os dígitos de uma grande corporação.

E convenhamos que uma das coisas mais incríveis de viajar é provar a gastronomia de cada lugar, então, aproveite as feirinhas locais para provar a culinária típica, as frutas da estação, os sabores da região.

Açaí sendo descascado e transformado em alimento


8 – CARREGUE COM VOCÊ SEU KIT DE UTENSÍLIOS BÁSICOS

Para ter hábitos sustentáveis é necessário utilizar ferramentas sustentáveis, que causam menos danos ao meio ambiente. E a primeira coisa que você pode começar fazendo é recusando descartáveis no dia-a-dia das suas viagens.

Até mesmo porque em algumas regiões remotas, os materiais as vezes levam dias pra chegar, ou chegam por burros cargueiros, barcos, então, peça um copo de vidro, não tome café em capsulas, peça talheres de alumínio, substitua sacolinha plástica nos mercados por caixas de papelão e para facilitar isso tudo e incentivar quem está ao seu redor, você pode montar seu próprio kit e carregar na mochila, ou na bolsa, pois costumam ser pequenos.

Para onde vamos, nós sempre levamos conosco um canudos de inox, um copo retrátil, um kit talher de camping, que é super compacto, e uma sacola ecológica.

dicas viagem sustentavel
Talheres reutilizáveis
Foto: Menos 1 Lixo

E aí, gostou dessas dicas? Então compartilha com os seus amigos nas redes sociais!

E para quem quiser saber mais sobre a Aluga trip, aproveite para dar uma olhada em nosso Site e nos seguir no Instagram e no Facebook.

Foi acreditando que todos nós podemos ser agentes transformadores, a partir de atitudes individuais, que idealizamos e fundamos uma empresa de aluguel de equipamentos de viagem, esporte e lazer em São Paulo, a fim de minimizar os impactos negativos causados pelo consumo desnecessário, reduzir o acúmulo de coisas que ficam por muito tempo sem uso em casa e colaborar com a sustentabilidade do planeta através do turismo consciente.

Karina A. Pimentel | Idealizadora e sócia fundadora da Aluga trip


Leia também:

Turismo Sustentável: 10 dicas para viajar sem produzir lixo
Medicina do Viajante: Dicas para manter a saúde durante a viagem.